Home Curriculo Contato Convênios Hospitais
Home
Curriculo
Contato
Convênios
Hospitais
Doenças
Dúvidas Comuns
Links Recomendados
Artigos Anteriores
Operação contraceptiva masculina que impede de maneira definitiva a gravidez da companheira.

A cirurgia pode ser feita com anestesia local (raras vezes, dependendo da condição do paciente pode ser necessária outra forma de anestesia), são feitos um ou dois cortes no escroto, que são no final fechados com pontos, (não precisam ser retirados depois dependendo do fio utilizado).

Pode ocorrer hematoma (sangramento), manchas escuras no escroto e no pênis (equimoses), dor ou infecção (febre). Existe uma possibilidade muita pequena (1 em cada 2000 cirurgias contraceptiva masculina) de ocorrer recanalização espontânea, o que quer dizer que o homem pode voltar a
engravidar sua esposa.
 
Após a operação recomenda-se ficar em repouso por três dias, colocando compressa de gelo no escroto nas primeiras 24 horas.
Pode retomar as relações sexuais com uma semana, desde que continue a ter os mesmos cuidados para evitar filhos até que complete 25 ejaculações e, que tenha feito um espermograma mostrando ausência de espermatozóides no sêmem.

Termo para Vasectomia

Home | Curriculo | Contato | Convênios | Hospitais
Site Map